Palavras ao vento…

causos, verdades e mentiras de uma vida repletas de palavras.

Paraty ou Parati? Julho 12, 2007

Filed under: Literatura — giovannavilela @ 8:29 pm

Ontem notei que no site oficial da FLIP, era Parati. Mudei todos os posts daqui.
Agora acabo de ver que no mesmo site, em outro paragrafo está escrito Paraty.

Encontrei uma resposta, aí vai:

Paraty, que na língua tupi, significa “peixe de rio” ou “viveiro de peixes”, era o nome que os índios guaianás davam ao local onde hoje se situa a cidade.
Naquele tempo e ainda hoje, os paratis (peixe de família das tainhas – Mugil Brasiliensis) vem durante o inverno desovar e procriar nos rios que desembocam na baía de Paraty e depois retornam ao mar.Os colonizadores, por sua vez, mantiveram o antigo nome indígena.
Originalmente, o nome era grafado com dois “i” = Paratii, posteriormente, já no século XVIII, aparece a grafia Paraty, com “y”, que foi mantida até 1943, quando a Convenção Ortográfica Brasil-Portugal suprimiu o Y do alfabeto português.
A nova grafia não foi aceita pela comunidade paratiense, que, aferrada às suas caras tradições continuava a escrever Paraty.
Esta situação ambígua perdurou até 1972, quando o Senador Vasconcelos Torres, atendendo às solicitaçãoes feitas pelas autoridades locais, apresentou ao Senado Federal o Projeto de Lei no. 25, determinando que a grafia das cidades e monimentos históricos “tivessem os seus nomes expressos na forma ortográfica em que eram escritos antes de 18 de janeiro de 1944”. A Comissão de Educação e Cultura, através de seu Relator, o Senador Milton Trindade, quanto ao mérito do projeto de lei, sugere: “…a nossa impressão vai mais longe: nenhuma medida oficial, amparada ou não em lei, conseguirá impedir a grafia de determinado nome continue sendo escrita de determinado modo, se, na verdade, O SEU REGISTRO É O QUE VEM DA TRADIÇÃO HISTÓRICA, IRREMOVÍVEL, SE CONSAGRADA PELO CONSENSO GENERALIZADO DE UMA COMUNIDADE…” ( o grifo é nosso).
O referido projeto de lei foi rejeitado porque os parlamentares acordaram que não se deveria impor às outras cidades históricas a grafia antiga, que poderia não lhes agradar.
Mas acatando a sugestão do Relator Milton Trindade, no Parecer no. 261, transcrito, a comunidade paratiense, através de seus Órgãos Públicos e entidades locais, passou a utilizar papéis timbrados com a grafia PARATY e vem insistindo para que todos passem a utilizar a antiga forma ortográfica.
Artigo de autoria de Diuner José Mello para o jornal a Tribuna de Paraty, no dia 07/08/1992.

Anúncios
 

One Response to “Paraty ou Parati?”

  1. Fernanda Says:

    Parati e Paraty sempre me deixaram a mesma dúvida de Antartica e Antartida. A segunda eu já sei a resposta e finalmente alguém me esclarece a primeira! Hahahahaah…

    Beijos!

    Deve estar bom demais ai!

    Márcio Pimenta
    http://www.pimentanosolhos.net/


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s