Palavras ao vento…

causos, verdades e mentiras de uma vida repletas de palavras.

Um Caso De Amor Com Cuba Fevereiro 26, 2008

Filed under: Relacionamentos,Viagens — giovannavilela @ 12:35 pm

navoi.jpg

Enquanto escrevia sobre as dicas de relacionamentos, fui tomada por uma nostalgia cubana e obrigada a interromper os posts de dicas para pensar no meu caso de amor cubano, afinal quem disse que essas coisas tem regras ou lógica: Bom, eu me apaixonei pela cidade e voces vao entender porque…

Não há explicação para casos de amor. Conheci certa vez num asilo, enquanto fazia pesquisa para meu livro, um senhor de mais ou menos 80 anos. Jonas era seu nome, dizia ter passado a vida toda apaixonado pela mesma mulher, passou boa parte da tarde em que estive lá descrevendo Julieta, que viraria Beatriz em meu livro.

A julgar por suas palavras era uma deusa da pele de pêssego e toque de anjo. Que homem apaixonado,pensei, tocava piano e sobre a sombra do chapéu de panamá era possível ver a leveza de seus dedos contradizendo a pele manchada de tanta vida.Eu já supria um pouco daquele sentimento que costumo chamar de inveja boa, quando uma mulher turrona entrou na sala. Parecia ser alguns anos mais jovem que meu novo amigo antigo, mas diferente dele, tinha um olhar gelado, puro, mas frio. Os olhos verdes e os traços delicados deixavam escapar sinais de beleza na juventude. O ritmo dos acordes acelerou um pouco destoando da melodia, seria imperceptível, não fossem meus anos de aula de piano.

Acreditei por um instante ver um adolescente sentado ao piano tentando impressionar a mocinha que passava na sala. – Para com isso Jonas, o Arlindo está descansando. E com essas palavras entendi meio século de um amor platônico como o de Florentino Ariza por Fermina Daza , abrindo um parênteses, soube que o filme O Amor Nos Tempos Do Colera era decepcionante, não tive coragem de contaminar minha admiração por Gabo e continuo com o livro na minhacabeceira,continuando, o Florentino da vida real tirou lentamente as mãos do piano e pousou sobre pernas tremulas e cansadas de uma espera que já durava meio século.

Contei tudo isso, pois foi a imagem que me veio em mente ao pensar no povo de Cuba. São velhos românticos que guardam a imagem de um idealista e jovem afoitos, loucos para ver a imagem de Fidel numa lápide do cemitério Cristovão Colombo.

Havana me lembra uma linda mulher, uma diva dos anos 50 que sofreu muito nas mãos de galãs americanos, viveu com seu amante espanhol coberta de ouro e luxo, mas foi com o guerrilheiro maltrapilho que seu coração decidiu se aventurar em mares e selvas sem limites para sonhar, até o dia em que um russo apareceu em sua vida e ameaçou o amor entre os dois, semeou discórdia e pouco a pouco transformou os sonhos e ideais em passado, que durou tanto a ponto de meio século depois o presente ainda estar ali, parado no tempo como na época em que ela sabia o significado da palavra escolha. 

A beleza da juventude se foi e deixou lugar à decadência e nostalgia. Seu romantismo não permitiu que abandonasse a escolha da juventude, mas os anos lhe deram a certeza de que já era tarde para mudar. Quem sabe a nova geração, quem sabe suas filhas, suas netas, quem sabe os farrapos voltariam a ser roupas reais e os tijolos voltariam a se esconder detrás das imponentes paredes do casarão algum dia, quem sabe…Como numa história de amor, é preciso lágrimas, encontros e desencontros e a chance da transformação para que valha a pena ser relembrada e amada. Talvez eu tenha sido vítima de um romantismo passageiro em Cuba, talvez tenha me perdido num tempo que não volta mais, quem sabe… 

Anúncios
 

4 Responses to “Um Caso De Amor Com Cuba”

  1. Pedro Says:

    O amor, ah o amor!
    Por ele somos capazes de tudo.
    Dos gestos mais improváveis.
    O amor, ah o amor!

    Beijo

    Pedro

  2. Maria Says:

    Bonito texto! :))

  3. Mariana Says:

    Teste

  4. Mariana Says:

    Giovanna, estou querendo ir à Cuba e foi, a partir disto, que encontrei seu blog. Gostaria de conversar com você sobre a viagem. Ter perspectivas suas, sensações e dicas. Poderia ser?
    O meu e-mail está acima. Ficaria muito grata pelas dicas,rs…
    Um gd abraço…rs…
    Mariana


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s