Palavras ao vento…

causos, verdades e mentiras de uma vida repletas de palavras.

Elevador Junho 26, 2008

Filed under: Divagando — giovannavilela @ 3:17 pm

           As pessoas são diferentes umas das outras minha filha, cada uma gosta de uma cor, falava a tia Maria Antonia, minha primeira professora. Sei, mas aposto que todas gostam de brigadeiro, eu penava com cara de quem não entende um menino que gosta da cor marrom. Gostar de chocolate que e marrom e fácil, mas da cor, que criança gosta de marrom:

           Fui crescendo e aprendendo a entender que o mundo estava cheio de opiniões diferentes sobre um mesmo assunto, ainda que muitas delas fossem iguais com roupas diferentes como nas religiões, mas isto já e outra estória.

            No Japão, imagino os dedetizadores não ganham dinheiro, já que baratas são muito apreciadas na culinária local. A comida e praticamente o espelho das culturas. Basta analisar com calma o cardápio, os ingredientes para entender a vida de um povo. Nossa feijoada tem a cara dos negros, feita inicialmente com restos de comida dos casarões dos senhores do café, nasceu na senzala, junto com a capoeira e a nossa historia.

          E preciso ter cuidado com tudo isso. Outro dia entrei no elevador com meu filho de seis anos, antes de chegar ao nosso andar o elevador parou e o vizinho japonês entrou. Olha mamãe, o moço que você falou que comia barata. Ele saiu antes que eu pudesse tentar explicar. Tenho o péssimo habito de contar historias depois do jantar.

 

 

 

Anúncios
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s